Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chávez condena o bombardeio da Otan contra televisão líbia

Por Pedro Rey - 31 jul 2011, 12h50

O presidente venezuelano Hugo Chávez condenou no sábado o “bombardeio ilegal” da Otan contra a sede da televisão da Líbia, referindo-se a um “ato bárbaro” contra jornalistas e meios de comunicação, segundo um comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

“Chávez condena firmemente o atentado ilegal cometido no sábado, 30 de julho de 2011, pelas forças militares da Otan contra as instalações da Al-Jamahiriya, a televisão estatal da Líbia”, afirma o documento.

“Este ato bárbaro da Otan é a demonstração mais cruel da hipocrisia das potências imperialistas, que estão conduzindo uma guerra aberta contra o povo da Líbia, matando jornalistas e destruindo meios de comunicação em nome da suposta defesa dos direitos humanos”, continua o texto.

Três pessoas morreram e quinze ficaram feridas nos ataques da Otan contra a sede da emissora em Trípoli.

Continua após a publicidade
Publicidade