Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chanceleres da Unasul prometem nova ‘arquitetura regional’

Os chanceleres da União das Nações Sul-americanas (Unasul) aprovaram, neste sábado, uma declaração em que se comprometeram a trabalhar por uma nova “arquitetura regional” para buscar a consolidação da institucionalidade do bloco formado por 12 países.

A “Declaração de Assunção” pede que se utilizem “todos os esforços” com a finalidade de “conseguir a plena e efetiva integração política, econômica, social, cultural, energética, ambiental e de infraestrutura da região”.

Os chanceleres destacaram a importância da aprovação do orçamento do grupo para os próximos 12 meses, assim como o mecanismo de distribuição de cotas entre seus integrantes.

Pediram também para concluir o regulamento do organismo antes da próxima cúpula de presidentes dos países do grupo, prevista para ser celebrada em 30 de novembro em Lima.

Os chanceleres também concordaram em trabalhar em uma proposta de regulamentação que permita aos países do Caribe solicitar sua adesão como Estados associados à Unasul.

Também decidiram por em prática um mecanismo de consultas periódicas entre autoridades judiciais, policiais, financeiras, alfandegárias e de organismos antidrogas.

A declaração destacou, ainda, a criação recente de uma “rede de conectividade sul-americana para a integração”, que facilitará o acesso à internet e a outros sistemas de comunicação, finalizou a declaração.

Surgida em 2008, a Unasul reúne Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Venezuela, Equador, Guiana, Peru, Suriname, Uruguai e Paraguai.