Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Catedral de Santiago é evacuada após ameaça de bomba

Policial encontrou artefato explosivo embaixo de um banco da igreja no Chile

Por Da Redação 26 out 2011, 04h29

A Catedral de Santiago, na capital chilena, foi esvaziada nesta terça-feira após ter sido encontrada uma mochila com um extintor que continha pólvora, informaram fontes policiais.

A bomba, que tinha um relógio preso a ela, estava debaixo de um assento e foi encontrada por um guarda da catedral, segundo explicou o major Miguel Opazo, do Grupo de Operações Policiais Especiais (Gope).

Cerca de 60 pessoas estavam dentro da catedral, situada na Praça de Armas, que fica no centro da capital chilena.

A área foi isolada e uma das ruas laterais foi fechada ao trânsito até que a polícia retirou o dispositivo e o levou a uma delegacia para analisar seu conteúdo.

Até o momento, ninguém reivindicou a colocação da bomba.

Desde 2006, o Chile já registrou várias dezenas de atentados com bombas de fabricação caseira contra bancos, sedes de grandes empresas, igrejas e edifícios públicos.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade