Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Carro avança contra multidão em Berlim, deixando um morto

Polícia disse que 'ainda não sabe se foi um acidente ou um ato deliberado'; incidente lembra ataque de 2016 a um mercado de Natal em Berlim

Por Da Redação 8 jun 2022, 08h40

Um carro atropelou um grupo de pessoas na rua em Berlim, na Alemanha, nesta quarta-feira, 8, matando uma pessoa e deixando cinco gravemente feridas, segundo um porta-voz do corpo de bombeiros. O incidente ocorreu em um distrito comercial da capital alemã popular entre turistas.

A polícia no local no oeste de Berlim informou que mais de uma dúzia de pessoas ficaram feridas. O grupo estava próximo à Igreja Memorial Kaiser Wilhelm, um dos marcos mais conhecidos da capital alemã, devastada pela guerra.

“Acredita-se que um homem tenha atropelado um grupo de pessoas. Ainda não se sabe se foi um acidente ou um ato deliberado”, disse um porta-voz da polícia, acrescentando que transeuntes o detiveram no local antes de entregá-lo às autoridades e ele recebeu tratamento médico.

“Estamos atualmente no local com cerca de 130 funcionários de emergência”, acrescentou a polícia. “O veículo, um carro pequeno, foi apreendido no local.”

Investigadores estão tentando determinar se o incidente foi um ataque deliberado ou, possivelmente, um acidente devido a alguma causa médica. O porta-voz da polícia disse que todas as possibilidades estão sendo avaliadas.

No local, cobertores cobriam o que parecia ser um corpo no chão em uma área isolada pela polícia. Um pequeno Renault prata ficou preso dentro de uma loja depois de quebrar uma janela de vidro. Os feridos que foram levados de maca para ambulâncias pelas equipes de resgate estavam aparentemente conscientes.

O incidente ocorreu perto do local onde houve um ataque fatal em 19 de dezembro de 2016, quando Anis Amri, um tunisiano com ligações islâmicas que teve seu pedido de asilo negado pela Alemanha, sequestrou um caminhão, matou o motorista e dirigiu o veículo contra um mercado de Natal lotado no oeste de Berlim, matando mais 11 pessoas e ferindo dezenas de outras.

Amri então fugiu para a Itália, onde a polícia italiana o matou a tiros.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)