Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Capoeirista morre após ser atacado por ladrões em Londres

O brasileiro Iderval Silva, conhecido como Bugrão, tentou evitar o roubo de sua motocicleta e foi agredido

Atacado por um grupo de rapazes em Londres, o capoeirista brasileiro Iderval Silva, de 46 anos, morreu na terça-feira 28 em consequência dos ferimentos, informou a Polícia Metropolitana. A agressão deu-se no último sábado 25, quando Silva teria tentado evitar o roubo de sua motocicleta, estacionada perto do parque Battersea.

Policiais informaram que Silva foi ferido principalmente na cabeça. Um suspeito de 16 anos foi preso perto da cena do crime. A investigação está sendo conduzida pela Divisão de Homicídios, mas a Polícia Metropolitana já pediu para que testemunhas se apresentem.

“Quero ouvir qualquer pessoa que tenha visto esse grupo ou que possa conhecer a identidade de seus integrantes. Há uma loja movimentada da Tesco e outras lojas próximas do parque Battersea, e as pessoas deverão ter visto esses homens na área antes, durante e depois da tentativa de roubo da moto e do ataque covarde”, afirmou o inspetor chefe Mark Cranwell. “Nós sabemos que havia um grupo de rapazes, alguns em bicicletas, circulando pela área antes do incidente.”

Iderval Silva era conhecido como contramestre Bugrão. Vivia em Londres, onde trabalhava com entregador de comida pelo aplicativo Uber e dava aulas de capoeira, segundo a BBC. Ele deixa um filho, que vive em Portugal. Sua motocicleta, afinal, não foi roubada e foi levada pela equipe de perícia da Política Metropolitana.