Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Capoeirista morre após ser atacado por ladrões em Londres

O brasileiro Iderval Silva, conhecido como Bugrão, tentou evitar o roubo de sua motocicleta e foi agredido

Por Da Redação Atualizado em 29 Maio 2019, 15h21 - Publicado em 29 Maio 2019, 15h17

Atacado por um grupo de rapazes em Londres, o capoeirista brasileiro Iderval Silva, de 46 anos, morreu na terça-feira 28 em consequência dos ferimentos, informou a Polícia Metropolitana. A agressão deu-se no último sábado 25, quando Silva teria tentado evitar o roubo de sua motocicleta, estacionada perto do parque Battersea.

Policiais informaram que Silva foi ferido principalmente na cabeça. Um suspeito de 16 anos foi preso perto da cena do crime. A investigação está sendo conduzida pela Divisão de Homicídios, mas a Polícia Metropolitana já pediu para que testemunhas se apresentem.

“Quero ouvir qualquer pessoa que tenha visto esse grupo ou que possa conhecer a identidade de seus integrantes. Há uma loja movimentada da Tesco e outras lojas próximas do parque Battersea, e as pessoas deverão ter visto esses homens na área antes, durante e depois da tentativa de roubo da moto e do ataque covarde”, afirmou o inspetor chefe Mark Cranwell. “Nós sabemos que havia um grupo de rapazes, alguns em bicicletas, circulando pela área antes do incidente.”

  • Iderval Silva era conhecido como contramestre Bugrão. Vivia em Londres, onde trabalhava com entregador de comida pelo aplicativo Uber e dava aulas de capoeira, segundo a BBC. Ele deixa um filho, que vive em Portugal. Sua motocicleta, afinal, não foi roubada e foi levada pela equipe de perícia da Política Metropolitana.

    Continua após a publicidade
    Publicidade