Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Canadá e EUA estendem restrições a viagens não essenciais

Por terra ou ar, os viajantes são obrigados a fazer testes antes e depois de chegar, correndo o risco de ficarem em quarentena ainda por 14 dias

Por Da Redação 20 abr 2021, 15h59

O Canadá e os Estados Unidos prorrogaram nesta terça-feira o fechamento da fronteira terrestre para viajantes não essenciais. Passageiros que chegam ao Canadá por avião continuarão sendo testados para Covid-19 antes do período de quarentena no hotel.

As restrições de fronteira terrestre, impostas em março de 2020, foram estendidas até 21 de maio. Em vigor por 13 meses, elas estão sendo renovadas mês a mês. O México disse na noite de segunda-feira que também está mantendo algumas de suas restrições de fronteira.

Muitos deputados e senadores americanos pediram o afrouxamento das restrições ou a definição de um roteiro para retomar as viagens normalizadas. O Canadá continua atrás das vacinas dos Estados Unidos, e grande parte do país está agora lutando contra uma terceira onda da doença, com o fechamento de escolas e empresas.

A quarentena exigida no Canadá por três dias em hotéis após testes em aeroportos, que foi introduzida como uma medida temporária para desencorajar viagens nas férias de primavera, também foi prorrogada até 21 de maio. Os viajantes aéreos também devem fazer um teste no prazo de três dias antes da partida. Se o teste do aeroporto for negativo, eles podem terminar uma quarentena de 14 dias em casa.

Continua após a publicidade
Publicidade