Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câmara de Representantes dos EUA aprova leis de segurança nas fronteiras

A Câmara de Representantes americana aprovou duas leis para reforçar a segurança nas fronteiras, uma das quais permitiria a colaboração com forças de ordem mexicanas, informou o jornal legislativo do Congresso nesta quinta-feira.

A “Lei para Assegurar as Fronteiras” foi aprovada por votação oral pela Câmara, de maioria republicana, e pede ao departamento de Segurança Interna que entregue em 180 dias “um plano integral para obter o controle operacional das fronteiras internacionais dos Estados Unidos em cinco anos”.

A “Lei Jaime Zapata para Reforçar a Segurança Fronteiriça”, batizada assim em homenagem a um agente americano assassinado no México em fevereiro de 2011, oficializa, por sua vez, a criação de equipes conjuntas na fronteira com “agentes estrangeiros, na medida em que for apropriado”, segundo o texto legislativo, aprovado por 391 votos a favor e 2 contra.

Agentes mexicanos já colaboram regularmente com a Patrulha Fronteiriça e com outras agências americanas como parte da luta conjunta contra o crime organizado, mas esta seria a primeira vez que se legislaria especificamente sobre esta cooperação.

Informes oficiais que foram apresentados durante o debate destas leis apontam que a Patrulha Fronteiriça americana só controla efetivamente a passagem em 44% da fronteira com o México, e em apenas 2% da linha divisória com o Canadá, apesar de contar com um número recorde de agentes, mais de 20 mil.

As duas leis devem ser apresentadas agora ao Senado, de maioria democrata, para sua análise e votação.