Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasileiro é morto por tubarão no nordeste dos EUA

A vítima, o capixaba Arthur Medici, morava nas proximidades da praia de Massachussetts onde ocorreu o ataque - o primeiro registrado na região em 80 anos

Por EFE 16 set 2018, 16h52

Um brasileiro de 26 anos morreu ontem devido ao ataque de um tubarão em Cape Cod, no estado de Massachusetts, no nordeste dos Estados Unidos, enquanto estava no mar na praia de Newcomb Hollow.

Esta foi a primeira morte do tipo na região em mais de 80 anos, segundo autoridades locais.

O brasileiro se chamava Arthur Medici, era natural do Espírito Santo e morava em Revere, em Massachusetts. Ele chegou a ser resgatado com vida e levado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos, disse o diretor-adjunto da área de proteção ambiental de Cape Cod, Chris Hartsgrove.

Autoridades locais relataram um crescente número de tubarões perto de praias deste destino turístico, que fica a 150 quilômetros a sudeste de Boston. Em agosto, outro banhista sofreu um ataque parecido, mas conseguiu escapar após bater no animal.

“É um fato trágico. As focas cada vez mais se aproximam da praia, e isso quer dizer que os tubarões também, por serem seus predadores. É aí que humanos também acabam atacados”, disse o biólogo Greg Skomal, pesquisador especialista em tubarões, ao jornal Boston Herald.

O último ataque mortal de um tubarão do qual se tinha registro em Massachusetts datava de 1936.

Continua após a publicidade
Publicidade