Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Boca de urna aponta vantagem para Cameron em eleição britânica

Números divulgados pela rede BBC mostram Partido Conservador com 316 assentos, perto da maioria de 326. Trabalhistas aparecem com 239

Por Da Redação 7 Maio 2015, 18h23

Se as pesquisas de boca de urna se confirmarem na contagem oficial dos votos das eleições gerais britânicas, o primeiro-ministro David Cameron deverá encontrar menos dificuldade do que o previsto para se manter no cargo. O primeiro levantamento divulgado pela rede BBC aponta que o Partido Conservador conseguirá 316 assentos, enquanto o Partido Trabalhista terá 239. Isso deixará a legenda de Cameron perto de alcançar a maioria de 326 necessária para governar – mas ainda exigirá a negociação de alianças.

A pesquisa da BBC indica ainda que os liberais-democratas devem ficar com dez cadeiras. O governo atual é uma coalizão formada por conservadores e liberais-democratas, dobradinha que poderá ser suficiente para garantir uma maioria estreita. No entanto, se confirmado, o resultado significará uma queda significativa para o partido liderado por Nick Clegg que havia conquistado 57 cadeiras nas eleições de 2005.

O SNP, Partido Nacional Escocês, ficaria com 58 assentos segundo os números da emissora britânica, tornando-se o terceiro maior do Parlamento. O Ukip teria duas cadeiras. O resultado oficial do pleito deverá ser conhecido na tarde desta sexta.

Leia também:

Cameron põe à prova sua política de austeridade em disputa eleitoral na Grã-Bretanha

Continua após a publicidade

Publicidade