Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ban Ki-moon critica rejeição a projeto de resolução sobre Síria

Por Da Redação - 4 fev 2012, 16h17

Nações Unidas, 4 fev (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, criticou neste sábado a rejeição do Conselho de Segurança do organismo ao projeto de resolução referente à crise síria e disse que, além de decepcionar os sírios, a atitude prejudica o papel da organização multilateral.

Ban lamentou que o Conselho de Segurança da ONU tenha sido incapaz de aprovar uma resolução apoiada pela Liga Árabe para dar um fim ‘à violência e aos assassinatos na Síria’.

Tradicionais aliados da Síria, Rússia e China usaram seu poder de veto no Conselho para rejeitar o projeto de resolução, que condenava a violência do regime de Damasco contra a população civil, uma repressão que já dura 11 meses e deixou milhares de mortos.

‘É uma grande decepção para o povo sírio e para o Oriente Médio, para todos os que apoiam a democracia e os direitos humanos’, afirmou a autoridade máxima da ONU através de um comunicado de imprensa emitido por seu porta-voz, Martin Nesirky.

Publicidade

‘Com um aumento da violência e do sofrimento para os sírios, o Conselho de Segurança perdeu a oportunidade de agir unido para acabar com a crise e traçar um futuro em paz, democracia e dignidade para todos os sírios’, destacou Ban.

Para ele, ‘a violência e a violação dos direitos humanos, especialmente a realizada pelas autoridades sírias, deve acabar imediatamente’. EFE

Publicidade