Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Avião cai no Paquistão com 152 pessoas a bordo; ninguém sobreviveu

Ao menos 90 corpos já foram retirados dos escombros

Não há sobreviventes na queda do avião paquistanês, que estava com 152 pessoas a bordo – 146 passageiros e seis tripulantes. Inicialmente, o governo informou que cinco pessoas haviam sido retiradas com vida dos escombros. “Recebemos essa informação de nossos canais de TV, mas estava errada”, salientou o ministro da Informação Qamar Zaman Kaira.

Segundo a polícia, o trabalho de resgate dos corpos – ao menos 90 já foram retirados dos escombros – é complicado. O local é íngreme e de difícil acesso e chove nesta manhã. As equipes caminham por trilhas para chegar à região e um helicóptero auxilia nas buscas.

O Airbus A-320 da companhia aérea Air Blue caiu e pegou fogo na manhã desta quarta-feira (início da madrugada no Brasil), nas colinas verdes de Margalla, que cercam a capital Islamabad. Ainda não se sabe as causas do acidente, mas o porta-voz da Airblue Raheel Ahmed acredita que tenha ligação com o mau tempo. “O avião voava muito baixo e ouvimos um barulho muito forte”, contou um residente da região.

Luto – O governo paquistanês decretou um dia de luto nacional. O primeiro-ministro Yusuf Raza Gilani e seu governo “expressaram seu pesar e sua dor por este trágico acidente e estão rezando pelos passageiros mortos. Estamos tratando de obter detalhes sobre os passageiros. Mas é uma grande tragédia.”

O porta-voz da estatal que controla a aviação civil confirmou que o avião cumpria a rota entre as cidades paquistanesas de Karachi, ao sul, e Islamabad, e acrescentou que a aeronave perdeu contato com a torre de controle minutos antes da queda. O acidente ocorreu pouco antes da aterrissagem.

Acidente Avião Paquistão Família Acidente Avião Paquistão Família

Acidente Avião Paquistão Família (/)