Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Autoridades líbias recuperam controle de Bani Walid após 2 dias de combates

Argel, 25 jan (EFE).- O ministro da Defesa da Líbia, Osama al-Juwali, afirmou nesta quarta-feira ao canal árabe ‘Al Jazeera’ que a situação na cidade de Bani Walid, onde houve combates desde segunda-feira passada, está agora ‘sob controle’, e desmentiu que tenha sido tomada por rebeldes favoráveis ao antigo regime.

Em declarações feitas em Bani Walid, penúltimo reduto do regime do falecido ditador Muammar Kadafi a ser tomado pelos revolucionários, Juwali afirmou que a origem do conflito tinha sido ‘enfrentamentos entre jovens de distintas brigadas’.

O ministro da Defesa, que informou que o número total de mortos chegava a oito, disse que nesta quinta-feira será iniciada uma investigação e que as pessoas envolvidas no incidente serão levadas à Justiça.

No entanto, segundo a versão de soldados da revolução, a cidade foi tomada quase totalmente na segunda-feira por um grupo de homens armados simpatizantes do antigo regime.

Os revolucionários disseram que os rebeldes seguravam bandeiras verdes e gritavam palavras de ordem pró-Kadafi.

Não é a primeira vez que ocorrem enfrentamentos entre os habitantes da cidade e os soldados pró-governo. No dia 23 de novembro do ano passado, pelo menos dez milicianos do novo regime morreram em um ataque armado em Bani Walid, no qual 13 civis também perderam a vida.

Os confrontos de então terminaram com um acordo conseguido após a intervenção de numerosas personalidades tribais e políticas, inclusive o presidente do Conselho Nacional, Mustafa Abdel Jalil.

Após a nova onda de violência, o ministro comentou que a solução ao conflito inclui a realização de eleições ao Conselho e exige acabar com a presença de armas na cidade. EFE