Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atirador de Frankfurt queria vingança por Afeganistão

O jovem kosovar de 21 anos, Arid Uka, autor dos disparos, permanece detido

A procuradoria federal da Alemanha afirmou nesta sexta-feira que o atentado que matou dois soldados americanos no aeroporto de Frankfurt foi motivado por “vingança” pela atuação das tropas americanas no Afeganistão. O crime ocorreu na quarta, quando dois pilotos da Força Aérea americana foram mortos e outros dois militares ficaram gravemente feridos por tiros disparados por um jovem de origem kosovar, no aeroporto do oeste da Alemanha.

O procurador federal alemão Rainer Griesbaum disse ainda, em entrevista coletiva, que o jovem, Arid Uka, de 21 anos, atuou sozinho, sem contato algum com organizações islâmicas. Griesbaum acrescentou que o detido, que trabalhava no aeroporto e confessou os fatos, decidiu cometer o crime depois de perguntar a um dos soldados se o grupo estava indo para o Afeganistão, o que foi confirmado pelo militar.

Os oficiais mortos trabalharam em uma das várias bases que as Forças Armadas americanas mantêm na região de Frankfurt, utilizadas como parte da estratégia das operações no Afeganistão e Iraque.

(Com agências EFE e France-Presse)