Clique e assine a partir de 9,90/mês

Atentado mata 17 em estação de trem na Rússia

Explosão aconteceu neste domingo em Volgogrado, antiga Stalingrado

Por Da Redação - 29 dez 2013, 08h23

Uma explosão provocada por uma mulher-bomba matou dezessete pessoas em uma estação de trem da Rússia neste domingo e deixou outras 37 feridas, de acordo com o primeiro-ministro do governo regional da Rússia, Vassili Galouchkine, citado pela agência Interfax. Outras 37 pessoas seguem internadas. É o segundo ataque terrorista em três dias no país, que se prepara para abrigar os Jogos Olímpicos de Inverno, a partir de 7 de fevereiro, em Sochi.

Segundo as investigações preliminares, a suicida detonou cerca de dez quilos de explosivos em frente a um detector de metal dentro da principal entrada da estação de Volgograd. “Quando percebeu que havia um policial perto de um detector de metais, ela ficou nervosa e detonou o artefato explosivo”, informou o porta-voz do governo, Vladimir Markin, em comunicado. Imagens de TV mostram uma grande bola de fogo e fumaça no hall da estação.

Volgograd, antiga Stalingrado, é uma cidade de 1 milhão de habitantes, a cerca de 690 km a nordeste de Sochi. Fica perto do Cáucaso Norte, reduto de antiga insurgência islamita.

Leia também:

Continua após a publicidade

Explosão em ônibus mata seis pessoas na Rússia

Olimpíadas de inverno – O ataque aumenta a preocupação de ataques terroristas durante as olimpíadas de fevereiro, que ocorrerão no resort de Sochi, no Mar Negro. Por enquanto, nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque desse domingo, que ocorre poucos meses após o líder checheno, Doku Umarov, convocar ataques contra alvos civis na Rússia, incluindo os jogos de Sochi

O líder insurgente Doku Umarov, um militante checheno, pediu a rebeldes em julho, em vídeo publicado na Internet, que usem “força máxima” para impedir a presença do presidente russo, Vladimir Putin, nas Olimpíadas.

Um ataque de uma mulher-bomba matou sete pessoas em Volgograd em 21 de outubro. Nesta sexta-feira, um carro-bomba matou três pessoas na cidade russa de Pyatigorsk, 270 km a leste de Sochi.

Continua após a publicidade

(com AFP e Reuters)

Publicidade