Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataques contra áreas xiitas em Bagdá matam ao menos 19

Atentados terroristas tornaram-se mais frequentes desde a retirada dos EUA

Pelo menos 19 pessoas morreram e outras 72 ficaram feridas nesta terça-feira em vários atentados cometidos perto de mesquitas xiitas em Bagdá, informaram fontes da polícia iraquiana. O atentado com mais vítimas aconteceu nas proximidades da mesquita xiita de Al Zahra, no bairro de Al Shola, na capital iraquiana: 8 pessoas morreram e 21 ficaram feridas. O número de vítimas ainda pode aumentar, já que muitos feridos estão em estado grave.

Leia também:

Leia também: Série de atentados no Iraque deixa 58 mortos e 211 feridos

Na mesquita xiita de Ali Bash, na região de Al Quriat, norte de Bagdá, a explosão de um carro-bomba deixou dez mortos e 32 feridos. Em outro atentado, foram registrados pelo menos cinco mortes em uma explosão perto da mesquita xiita de Al Sudani, na zona de Al Hurreya, noroeste da capital.

Os ataques acontecem dois dias depois do fim das celebrações da Ashura, que relembra o martírio do imã Hussein, neto do profeta Maomé, assassinado no ano 680, na cidade iraquiana de Karbala. A festividade reuniu milhares de peregrinos iraquianos e estrangeiros e foi realizada sob um forte esquema de segurança no país.

Desde a retirada das tropas americanas, em dezembro do ano passado, o Iraque verifica um aumento no número de atentados terroristas, com frequentes ataques contra alvos xiitas e forças de segurança.

(Com agência EFE)