Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Ataque mata chefe de segurança do presidente paquistanês

O atentado com explosivos matou outras duas pessoas na cidade de Karachi

Por Da Redação 10 jul 2013, 14h18

O chefe de segurança da residência do presidente Asif Ali Zardari, do Paquistão, morreu nesta quarta-feira em um atentado com explosivos que vitimou mais duas pessoas, informou uma fonte da polícia. Outros três policiais e quatro civis também ficaram feridos no ataque realizado na cidade portuária de Karachi, ao sudeste do país.

Leia também:

Como o Paquistão perdeu a chance de capturar Bin Laden

A ação aconteceu quando o chefe de segurança, Bilal Sheikh, saiu de seu veículo para realizar compras para o Ramadã. A polícia não esclareceu se o atentado foi praticado por um suicida ou se a bomba foi detonada a distância, mas explicou que foram usados quatro quilos de explosivos na operação.

De acordo com o jornal local The Express Tribune, os feridos, três deles em estado grave, foram levados para o hospital Jinnah. A imprensa paquistanesa também destacou o ativismo de Sheikh dentro do Partido Popular do Paquistão, ao qual pertence o presidente Zardari. Segundo o jornal Dawn, a influência política pode ter transformado o segurança em um alvo para os talibãs.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade