Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque contra tribunal mata 11 pessoas no Paquistão

Polícia afirma que, entre as vítimas, estão um juiz e três advogados

Pelo menos onze pessoas morreram e 25 ficaram feridas nesta segunda-feira em um ataque suicida contra um tribunal em Islamabad, a capital do Paquistão. Segundo a polícia local, o atentado ocorreu por volta das 9h30 (1h30 de Brasília). Entre os mortos estão um juiz e três advogados.

A polícia afirmou que pelo menos dois dos cinco ou seis terroristas que atacaram o tribunal detonaram explosivos que carregavam em seus corpos. Os demais dispararam contra as pessoas que estavam no prédio. Nenhum dos atiradores foi detido.

Leia também:

Ataque contra agentes de saúde deixa 10 mortos no Paquistão

Atentado contra cinema pornô deixa 11 mortos no Paquistão

Ataque em estação de trem deixa 29 mortos na China

Os responsáveis pelo ataque conseguiram burlar o forte esquema de segurança do tribunal, abriram fogo de forma indiscriminada e lançaram várias granadas de mão. Os agentes de segurança demoraram cerca de meia hora para controlar a situação.

O ataque aconteceu nas imediações do tribunal do distrito de Islamabad, situado na zona comercial da área F8 da capital, onde vivem vários estrangeiros e onde estão sediadas várias empresas e organizações locais e estrangeiras.

A polícia reconheceu que as autoridades não têm indícios claros da motivação do ataque, nem que grupo foi responsável pelo mesmo. Segundo testemunhas citadas pela imprensa local, os terroristas aparentavam ser pashtuns procedentes das regiões tribais.

O incidente de hoje em Islamabad acontece um dia depois do anúncio do governo paquistanês de suspender os ataques aéreos contra os refúgios dos talibãs em resposta a uma trégua de um mês anunciada no sábado pelo grupo terrorista.

(Com agência EFE)