Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque contra igreja cristã na Nigéria mata pelo menos 16

Grupo radical Boko Haram é o principal suspeito de estar por trás do ataque

Homens armados abriram fogo contra fiéis em uma igreja cristã na Nigéria na segunda-feira, deixando pelo menos 16 mortos – entre eles, o pastor que ministrava o culto no momento do ataque. Outras nove pessoas ficaram feridas pelos disparos. O atentado aconteceu na cidade de Okene, na região central do país.

Segundo o coronel Gabriel Olorunyomi, do exército nigeriano, o número de vítimas ainda pode aumentar, em função da gravidade dos ferimentos dos sobreviventes. De acordo com Olorunyomi, os atiradores emboscaram os fiéis de forma cruel. Primeiro, os terroristas chegaram de ônibus à Igreja Bíblica da Vida Mais Profunda, durante um culto. Em seguida, cortaram a energia do local, bloquearam as saídas e passaram a atirar indiscriminadamente por pelo menos vinte minutos.

Perseguição – Embora nenhum grupo tenha reivindicado a autoria do massacre por enquanto, todas as suspeitas caem sobre a organização radical islâmica Boko Haram. O grupo terrorista, cujo nome significa “a educação não islâmica é um pecado”, luta para impor a lei islâmica (sharia) na Nigéria e persegue a população cristã do páis, sendo responsável por diversos atentados contra igrejas nos últimos meses.

(Com agência EFE)