Arábia Saudita não sabe onde está o corpo de Khashoggi, diz ministro

Adel Al Jubeir alega que o assassinato foi realizado por agentes sauditas, "agindo fora do alcance de sua autoridade"

Por AFP - 10 fev 2019, 21h33

As autoridades sauditas não sabem onde está o corpo do jornalista Jamal Khashoggi, apesar de ter sob sua custódia a equipe que o assassinou, disse o ministro ministro de Estado para Assuntos Exteriores Adel Al Jubeir em uma entrevista transmitida neste domingo, 10.

O jornalista crítico ao reino foi esquartejado após seu assassinato em 2 de outubro de 2018 no consulado saudita em Istambul, na Turquia, mas seus restos mortais ainda não foram encontrados.

O ministro disse que o assassinato foi realizado por agentes sauditas “agindo fora do alcance de sua autoridade” e que 11 pessoas foram acusadas pelo crime. Mas ao ser questionado sobre a localização do corpo do jornalista, Jubeir disse à emissora CBS: “Nós não sabemos”.

Jubeir disse também que o procurador responsável pelo caso solicitou provas da Turquia, mas não recebeu resposta. “Ainda estamos investigando”, ele respondeu quando perguntado por que nenhum dos detidos poderia dizer onde estava o corpo.

Publicidade

“Temos várias possibilidades e estamos perguntando o que fizeram com o corpo, e acredito que esta investigação está em andamento, então espero que acabemos conhecendo a verdade.”

Jubeir foi entrevistado na sexta-feira, no mesmo dia em que o presidente Donald Trump ignorou o prazo dado pelo Congresso para relatar quem havia assassinado Khashoggi, colunista do Washington Post e crítico aberto do príncipe herdeiro Mohamed bin Salman.

A CIA concluiu que a operação saudita foi provavelmente liderada pelo príncipe herdeiro, mas a Casa Branca não quis apontar seu aliado. “O príncipe herdeiro, nós sabemos, não ordenou isso, não foi uma operação ordenada pelo governo”, disse Jubeir.

Publicidade