Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Apple afirma que falha técnica impede que Siri encontre clínicas de aborto

Los Angeles (EUA), 1 dez (EFE).- A empresa tecnológica Apple negou nesta quinta-feira que tenha uma posição oficial em relação ao aborto depois que aumentaram as críticas contra seu assistente virtual Siri para iPhone por sua incapacidade de encontrar clínicas de interrupção da gravidez.

‘Essas omissões não são intencionais e não são para ofender ninguém’, disse Natalie Kerris, uma porta-voz da Apple.

‘A omissão significa que, ao trazer o Siri de um produto em testes para um produto final, encontramos setores que podemos melhorar. E vamos melhorar nas próximas semanas’, acrescentou.

A polêmica surgiu na quarta-feira nos EUA quando grupos favoráveis ao aborto divulgaram que o Siri, uma ferramenta que emprega o reconhecimento de voz para responder perguntas do usuário do novo iPhone 4S, não ajudava a localizar clínicas de aborto.

A Agência Efe comprovou que o Siri não pode encontrar este tipo de estabelecimento, mas não teve problemas em indicar lugares onde o usuário poderia comprar preservativos e pílulas. EFE