Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ao menos 42 mortos em atentado no sul do Iêmen

Por Da Redação 5 ago 2012, 07h00

Ao menos 42 pessoas morreram e outras 37 ficaram feridas em um atentado suicida atribuído à Al-Qaeda ocorrido na noite de sábado no sul do Iêmen, segundo um novo balanço fornecido neste domingo por fontes médicas e pela administração local.

O balanço anterior do governador da província de Abyan era de 20 mortos.

O atentado ocorreu em Jaar, um antigo bastião da Al-Qaeda, durante a cerimônia de luto em memória de uma pessoa próxima a um chefe militar do Iêmen.

Vinte e quatro dos falecidos foram transportados ao hospital Razi de Jaar, indicou um funcionário do estabelecimento, enquanto 12 feridos faleceram em três hospitais de Aden, segundo fontes médicas.

Seis mortos foram recolhidos no local do atentado e depois enterrados por seus parentes, indicou à AFP Mohsen Ben Jamila, um funcionário da administração local de Jaar.

Os 37 feridos estão internados em hospitais de Jaar e Aden, indicou Ben Jamila e fontes hospitalares.

“Um camicase da Al-Qaeda acionou seu cinturão de explosivos em uma cerimônia de luto dos Comitês de Resistência Popular”, uma unidade militar que combate com o exército contra os insurgentes da rede islâmica, explicou Jamal al-Aqal, governador da província de Abyan, onde está Jaar, e classificou o atentado de “criminoso e covarde”.

Continua após a publicidade

Publicidade