Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ao menos 12 morrem em atentados contra 2 igrejas nigerianas

Por Da Redação 25 dez 2011, 10h39

Lagos, 25 dez (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram neste domingo em atentados contra igrejas católicas no centro da Nigéria, onde dezenas de fiéis celebravam o dia do Natal.

As 12 vítimas, entre elas três policiais, morreram no ataque contra a igreja de Santa Teresa, na localidade de Madalla (província de Níger), nas imediações da capital Abuja, informou a agência oficial de notícias da Nigéria, ‘NAN’.

Poucas horas depois do atentado de Madalla, uma nova explosão atingiu outra igreja na cidade de Jos, no centro do país, mas não se sabe o alcance que teve.

A imprensa local aponta que outros ataques podem ter sido perpetrados no estado de Yobé, no nordeste, mas não há informações sobre o alcance e a natureza dos atentados.

A Nigéria vive uma escalada de violência desde o início do ano devido à atividade de grupos armados islâmicos, liderados pela seita Boko Haram, que luta por um Estado independente regido pela Sharia nas regiões do norte, de maioria muçulmana.

O comissário de polícia do estado de Níger, Alhaji Ibrahim Maishanu, confirmou à ‘NAN’ que uma potente bomba destelhou a igreja de Madalla e várias casas vizinhas, após ser detonada em uma via próxima à igreja.

‘Posso confirmar que uma explosão atingiu nesta manhã a igreja de Santa Teresa, matando pelo menos 12 pessoas, três delas policiais, e ferindo inúmeras pessoas’, declarou.

Testemunhas citados pela emissora estatal ‘Rádio Nigéria’ apontaram que o atentado foi perpetrado com dois carros-bomba, um deles conduzido por um terrorista suicida, que efetuaram a explosão coincidindo com o fim do serviço religioso natalino.

Repórteres locais citados pela própria rádio contaram ao menos 20 corpos nas imediações da igreja. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade