Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alemanha pede à Coreia do Norte democracia e melhora nas condições de vida

Berlim, 19 dez (EFE).- O Governo alemão pediu nesta segunda-feira aos sucessores do líder Kim Jong-il no Governo da Coreia do Norte, morto no sábado, que iniciem um processo de democracia e melhorem as condições de vida da população.

Um porta-voz do Executivo afirmou em um encontro com a imprensa em Berlim que é importante melhorar o nível de vida da população e que o país abandone a atual situação de pobreza.

‘Esperamos que a situação econômica da população melhore e que as autoridades lutem contra a fome’, indicou.

O Governo federal alemão também pediu que os novos dirigentes do país ‘interrompam o programa nuclear’ iniciado por Kim Jong-il, que fez dois testes nucleares subterrâneos em 2006 e 2009.

O regime comunista norte-coreano divulgou nesta segunda-feira a morte do líder que governou o país com mão de ferro durante os últimos 17 anos e anunciou Kim Jong-un, seu filho mais novo, como sucessor na administração.

Kim Jong-il, que tinha 69 anos e uma saúde muito debilitada após sofrer um AVC em 2008, morreu de um infarto no começo da manhã do sábado quando viajava em seu trem, informou a televisão estatal norte-coreana, a ‘KCTV’. EFE