Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Adolescente se joga do 26º andar e sobrevive na Colômbia

A menina de 15 anos estava sendo perseguida e ameaçada de morte e se jogou para fugir do agressor

Por Da redação Atualizado em 12 ago 2016, 18h44 - Publicado em 12 ago 2016, 18h40

Uma adolescente protagonizou uma cena digna de filme de ação nesta semana na Colômbia: Deisy Liliana Mendoza se jogou do 26º andar de um prédio e sobreviveu porque caiu em uma piscina. A jovem, de 15 anos, pulou do terraço de um prédio em um bairro rico da turística cidade de Cartagena, no Caribe colombiano. Segundo a menina, ela estava sendo perseguida e ameaçada de morte e decidiu pular para se salvar.

Deisy, que ainda está internada em um hospital pediátrico de Cartagena, contou à polícia que havia sido contratada, junto com sua banda, para tocar em uma festa no apartamento de onde se jogou. Durante o evento, o organizador da festa acusou a adolescente de roubar dinheiro da casa e a ameaçou de morte.

LEIA TAMBÉM:
Britânico sobrevive a queda de 15 andares na Nova Zelândia
Mulher sobrevive à queda do 23º andar

De acordo com o jornal El Tiempo, o homem, identificado apenas como Pito, agrediu a adolescente, fez ameaças com um facão e a obrigou a consumir cocaína. Com medo de ser estuprada e torturada, Deisy pulou da sacada. A menina afirmou que preferiu se jogar porque sabia que ia cair em uma piscina.

Segundo os médicos responsáveis pelo tratamento da adolescente, Deisy sofreu fraturas na escápula e na bacia, contusão pulmonar e hepática e lacerações em várias partes do corpo na queda. Ela vai precisar de cirurgia, mas está estável. Agora, os serviços sociais colombianos buscam os responsáveis pela menor, que ainda não procuraram por ela.

O homem acusado de ameaçar e agredir a menina foi capturado pela polícia colombiana e aguarda sua audiência, em que será julgado por delito e lesões corporais.

Continua após a publicidade
Publicidade