Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adesão da Palestina à Unesco seria incoerente, dizem EUA

Os Estados Unidos, um dos poucos países que se opõem à recomendação da Unesco de aceitar a adesão da Palestina, considerou nesta quarta-feira que esse trâmite seria “incoerente” e fonte de tensões.

“No Conselho de Segurança há um processo em curso (para examinar a demanda de adesão de um Estado palestino). É, portanto, incoerente tomar decisões a respeito de organismos da ONU antes de o Conselho de Segurança se pronunciar”, argumentou Victoria Nuland, porta-voz do Departamento de Estado.

O conselho-executivo da Unesco, a agência da ONU para a educação, as ciências e a cultura, recomendou na quarta-feira aceitar a Palestina como membro do organismo.

Esta decisão, aprovada por 40 dos 58 membros do conselho, tem um forte alcance simbólico no momento em que os palestinos tem seu pedido de adesão como Estado-membro de pleno direito das Nações Unidas analisado pelo Conselho de Segurança . Os Estados Unidos anunciaram que vetariam essa iniciativa.

A recomendação da Unesco será submetida è consideração da conferência geral desse órgão no fim do mês.