Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Acusado de corrupção, político chora compulsivamente; assista

Ryutaro Nonomura gastou mais 66 mil reais de dinheiro público em viagens de lazer. Seu pedido de desculpas foi eloquente, mas não convenceu os japoneses

Quando acusados de corrupção, geralmente os políticos reagem com respostas evasivas ou então partem para o ataque, desacreditando as denúncias. Não foi o caso de Ryutaro Nonomura, membro da assembleia municipal de Hyogo, no oeste do Japão. Ao se desculpar de um caso de corrupção em uma entrevista coletiva, Nonomura chorou. E não foram lágrimas discretas e reprimidas, mas um berreiro digno de um dramalhão.

Entre gritos, lágrimas e caretas de desespero, Nonomura balbucia algumas frases. “Eu finalmente me tornei um membro da assembleia… com o único propósito de mudar a sociedade”. Em outro trecho, ele berra: “Eu quero mudar essa sociedade… tenho apostado minha vida… vocês não entendem?”.

Leia também

Vereador de Tóquio pede desculpas por mandar colega ‘arrumar marido’

Corpo de enfermeira é enviado pelo correio no Japão

Eleito membro da assembleia em municipal em 2007, cargo equivalente a vereador, o político de 47 anos torrou 3 milhões de ienes (mais de 66.000 reais) do orçamento público visitando uma estância de férias de águas termais. Não contente com apenas uma viagem com as despesas pagas com dinheiro público, Nonomura esteve 106 vezes no local ao longo dos últimos 12 meses, permanecendo lá o total de 195 dias.

Os legisladores de Hyogo ganham 500.000 ienes por mês (mais de 11.000 reais) para despesas, incluindo viagens. Mas a verba é exclusiva para viagens e atividades oficiais, condizentes com a função pública que os membros da assembleia exercem. Além das mais de cem visitas à estância, Nonomura também gastou dinheiro dos contribuintes em outros passeios mais modestos, de um dia apenas, como visitas a Tóquio e a Fukuoka.

Descoberto por uma auditoria feita a pedido de seus colegas na assembleia, o político foi obrigado a se desculpar publicamente. No entanto, a maioria dos seus eleitores e os demais japoneses não aprovaram seu talento cênico. O Japão é conhecido por ter uma sociedade que preza emoções contidas e discrição, e muitas pessoas reagiram com raiva ao pedido de desculpas, enviando cartas aos jornais e com recriminações em redes sociais. As lágrimas de crocodilo de Nonomura não convenceram.

Vídeo: Ryutaro Nonomura chora ao se desculpar por corrupção