Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Os melhores bares do Rio de Janeiro no Centro e arredores

A lista integra a 23ª edição do guia VEJA COMER & BEBER dedicado à gastronomia da cidade

Por Carolina Barbosa e Pedro Tinoco Atualizado em 22 nov 2019, 14h15 - Publicado em 31 jul 2019, 00h01

CENTRO

Bar Léo

Trata-se da filial carioca do tradicional ponto paulistano. Um casarão tombado abriga o bar, dotado de balcão de mármore e vitrais coloridos. O chope Brahma (R$ 8,70 o claro, R$ 11,90 o escuro) é servido com três dedos de colarinho cremoso. No menu há sugestões como a tábua mista do alemão, com salsichão, picles, salada de batata, salsichas, bolinho de carne, cebolinha em conserva e azeitona (R$ 43,00). Aos sábados, entre 13h e 17h, o grupo Mal de Raiz comanda a roda de samba. Rua do Ouvidor, 18, Centro, 2509-5725 (230 lugares). 11h30/22h (qui. e sex. até 0h; sáb. 11h/18h; fecha dom.). Aberto em 2018.

Bar Luiz

Fundado na Rua da Assembleia em 1887, época em que dom Pedro II comandava o Brasil, o ponto foi transferido para o atual endereço, um salão de estilo art déco, em 1927. Hoje o local enfrenta dificuldades para manter as portas abertas, mas resiste com pedidas tradicionais, como o chope Brahma (R$ 9,00 a caldeireta). De terça a sexta, entre 17h e 19h, o preço cai para R$ 6,50. Na lista de beliscos, o croquete de kassler com mostarda escura (R$ 12,00 a unidade) divide as atenções com a porção de minissalsicha mista (R$ 40,00). Rua da Carioca, 39, Centro,2262-6900 (140 lugares). 12h/19h (seg. e sáb. até 16h; sex. até 20h). Aberto em 1887.

Cine Botequim

A casa de dois andares é decorada com cartazes de clássicos do cinema, tema que também aparece no nome das receitas. As coxinhas ganham diversas versões no menu — entre elas, a spartacus (R$ 9,90), de costela bovina desfiada, e a jason (R$ 8,90), feita com massa de quibe recheada de frango e requeijão. Com cerca de oitenta rótulos, a carta de cervejas relaciona a imperial IPA Colorado Vixnu (R$ 33,90) e a Erdinder Weissbier (R$ 29,90). Cascos de Heineken (R$ 14,90) e Eisenbahn (R$ 11,90) integram esse rol. Rua Conselheiro Saraiva, 39, Centro,2253-1414 (120 lugares). 11h30/23h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2010. Aqui tem iFood.

Parada Ouvidor

Sob novo comando, o endereço, até julho de 2018 chamado Antigamente, foi rebatizado. No entanto, o menu e o ambiente, com paredes revestidas de ilustrações de pontos turísticos do Rio, seguem iguais. O chope Brahma (R$ 8,90) é servido na tulipa. Mas há também cascos de Bohemia (R$ 13,00) e Colorado (R$ 24,00). O bolinho de aipim com costela (R$ 34,90, dez unidades) é o campeão de pedidos. Quem prefere carne branca pode provar o frango à passarinho (R$ 37,90 a porção). Aos sábados, a partir de 14h30, uma roda de samba embala o público. Rua do Ouvidor, 43, Centro, 2252-8775 (150 lugares). 11h30/0h (sáb. até 19h; fecha dom.). Aberto em 2018.

Shake Speakeasy

Comandado pelo experiente bartender uruguaio Walter Garin, o local tem mais de quarenta coquetéis fixos e boa parte da carta dedicada a preparos com cachaça. Entre eles está o cock & tail (R$ 25,00), feito com Magnífica Bica do Alambique, vermute da casa, aperol, amaro Averna e limão-siciliano. Para beliscar, uma opção é a tábua de frios (R$ 40,00), montada com salame, longaniza (linguiça suína espanhola), pastrami de língua, queijo, azeitona, mostarda de Dijon e pão artesanal. Rua São José, 35, Centro (mezanino do Terminal Menezes Côrtes),99666-1411 (22 lugares). 17h/23h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2018.

Xian

No topo do Bossa Nova Mall, o local tem vista privilegiada para cartões-postais e os barquinhos da Baía de Guanabara. Da bancada de mármore do mixologista Rod Werner saem drinques como o aperol morreu (R$ 28,00), uma mistura de vodca Grey Goose, aperol, espumante, gengibre, bitters e espuma de laranja. O menu de sotaque asiático elenca sugestões como o exótico ussuzukuri thai (R$ 68,00), finas fatias de salmão com lâminas de pepino, pimenta dedo-de-moça, leite de coco e brotos de coentro (R$ 68,00). Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365, cobertura, Centro,2303 7080 (330 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 22h). Aberto em 2017.

Continua após a publicidade

LAPA

Bar Brasil

Tradicional reduto de inspiração alemã, tem como atrativo uma serpentina com 66 metros. O chope Brahma percorre esse caminho e chega à mesa por R$ 6,50. Nas geladeiras do bar há garrafas de rótulos especiais, como a Erdinger Weissbier (R$ 29,00, 500 mililitros) e a Old School Session IPA (R$ 26,00, 500 mililitros). Carro-chefe dos comes, o kassler (costeleta de porco defumada) é ladeado por salada de batata ou chucrute (R$ 58,00 ou R$ 88,00, para dois). Para o abre-alas, a linguiça caracol de cordeiro com hortelã custa R$ 40,00. Avenida Mem de Sá, 90, Lapa,2509-5943 (88 lugares). 11h/0h (fecha dom.). Aberto em 1907. Aqui tem iFood.

Booze Bar

Ganhou um novo piso em 2019, com bar independente e decoração inspirada nos speakeasies americanos. Na carta de drinques consta o fake beer (R$ 28,00), mistura de vodca Ketel One, xarope de cajá, limão e espuma de gengibre. Das dezesseis torneiras, dez são reservadas a cervejarias cariocas. Entre as “forasteiras”, a Cacau IPA (R$ 16,00, 290 mililitros), da curitibana Bodebrown, costuma aparecer nos bicos. Para comer, tem sanduíche de faláfel (R$ 26,00) e coxinhas sem massa, recheadas de frango, costela, pernil, salmão ou palmito (R$ 32,00, seis unidades). Avenida Mem de Sá, 63, Lapa,2252-1588 (180 lugares). 12h/1h (seg. e ter. 17h/0h; sex. e sáb. até 3h; fecha dom.). Aberto em 2015. Aqui tem iFood.

Boteco Carioquinha

Na entrada, uma réplica do trono de Game of Thrones, produzida por um artesão de Porto Alegre, é parada obrigatória para os fãs da série. A oferta de bebidas inclui 280 rótulos de cervejas especiais e seis torneiras dedicadas a marcas artesanais. Presença recorrente, o chope Secreta Red IPA custa R$ 19,00. Em long neck, tem boa saída a Roleta Russa Easy IPA (R$ 15,00). Carro-chefe do menu, o bengala da lapa (R$ 24,90) é um sanduíche gratinado de linguiça artesanal com creme de gorgonzola na baguete. Avenida Gomes Freire, 822, Lapa,2252-3025 (80 lugares). 17h/1h (sex. a dom. a partir de 11h; fecha seg.). Aberto em 1966. Aqui tem iFood.

Casa Momus

O nome foi inspirado no Café Momus, famoso endereço parisiense do século XIX. No casarão de dois andares são servidos drinques como o momus mule (R$ 24,00), releitura do clássico moscow mule. Esta versão leva vodca Absolut Mango, xarope de gengibre da casa, manga e folhas de hortelã. Para acompanhar, tem arancini de camarão (R$ 36,00, seis unidades). De terça a sábado, o local recebe música ao vivo. Rua do Lavradio, 11, Lapa, 3852-8250 (110 lugares). 11h30/0h (seg. até 17h; qui. e sex. até 2h; sáb. 18h/2h; fecha dom.). Aberto em 2014. Aqui tem iFood.

SANTA TERESA

Bar do Mineiro

Point de cariocas e turistas, o ambiente com paredes de azulejo branco é comandado pelo mineiro Diógenes Paixão, pioneiro por aqui na venda de pastéis recheados com feijão (R$ 39,00, dezoito unidades). Hit local, a feijoada (R$ 55,00) provoca filas nos fins de semana. Na ala de bebidas, o shot de batida de gengibre (R$ 9,00) e as caipirinhas de limada- pérsia, limão ou maracujá têm bastante saída (R$ 14,00 a R$ 17,00), assim como as cervejas, entre elas a Original (R$ 12,00). Rua Paschoal Carlos Magno, 99, Santa Teresa,2221-9227 (60 lugares). 11h/0h (fecha seg.). Aberto em 1989. Aqui tem iFood.

Explorer Bar

Na altura do Largo dos Guimarães, um casarão de estilo vitoriano abriga o hotel-boutique onde funciona este bar, aberto ao público. A carta de bebidas lista preparos como o que homenageia a pintora mexicana Frida Kahlo. O frida’s (R$ 32,00) mistura tequila El Jimador Prata, Licor 43, sucos de abacaxi e limão, xarope de baunilha e pimenta Tabasco. De terça a sexta, entre 18h e 20h, a casa oferece dose dupla de drinques. Na hora da fome, uma opção é o risoto terra à vista reúne camarão, polvo, lula e cogumelos (R$ 54,00). Rua Almirante Alexandrino, 399 (Discovery Suites Rio), Santa Teresa, ☎ 3264-9665 (60 lugares). 17h/0h (sex. até 1h; sáb. 14h/1h; dom. a partir das 14h; fecha seg.). Aberto em 2016. Aqui tem iFood.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)