Clique e assine a partir de 9,90/mês

Zé Roberto diz que Brasil teve sorte contra a Polônia

Por Da Redação - 10 Jun 2012, 20h31

Por AE

Lodz, Polônia – O técnico da seleção feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, elogiou a atuação do Brasil contra a Polônia no Grand Prix, mas disse que a vitória deste domingo foi um golpe de sorte. “Jogamos muito bem o primeiro e o segundo sets. O nosso saque e a nossa defesa pioraram nos dois sets seguintes. Além disso, a Polônia melhorou na recepção e a partida mudou. O tie-break, muitas vezes, é sorte e, desta vez, ela estava do nosso lado”, comentou.

Já a ponteira Fernanda Garay exaltou o poder de superação brasileiro. “No terceiro e no quarto sets faltou um pouco de lucidez para o grupo. A Polônia não desistiu em nenhum momento. Não é fácil jogar três jogos seguidos com cinco sets, mas conseguimos nos superar no tie-break”, afirmou, em referência às vitórias dos dois dias anteriores sobre Itália e Sérvia com o mesmo placar de 3 sets a 2.

Para a central Adenízia, o Brasil cumpriu o seu papel na primeira etapa do Grand Prix. “Fizemos o nosso papel. Viemos para essa etapa com o objetivo de vencer os três jogos, independente de estarmos com a equipe principal ou não. Todo mundo no grupo quer mostrar que está bem, pois estamos em um ano olímpico”.

Continua após a publicidade

O Brasil derrotou a anfitriã Polônia com parciais de 25/15, 25/13 e 23/25 e 23/25 e 15/10, jogando na cidade de Lodz. Na sequência, as brasileiras disputarão a segunda rodada do Grand Prix em casa, em chave composta por Alemanha, Itália e Estados Unidos.

Publicidade