Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zagueiro projeta duelo com o Flu e prega atenção com Rafael Moura

Os jogadores do Flamengo voltaram a campo nesta quarta-feira para iniciar o trabalho visando o clássico de domingo, contra o Fluminense, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Com desfalques no meio e no ataque, os rubro-negros terão uma escalação modificada no duelo.

Apesar disso, o zagueiro Welinton, jogador criticado pela torcida, mas que realizou uma boa partida diante do São Paulo, considera que o time carioca tem boas peças de reposição, e espera conseguir fazer sua parte: evitar que o Tricolor marque gols.

‘Eu imagino ajudar a equipe, principalmente na marcação. Deixo os gols para o pessoal da frente. Vamos seguir as ausências desses grandes jogadores, mas quem entrar vai suprir isso. Ainda faltam 11 jogos, todos importantes. É claro que quem vencer vai deixar o outro para trás. No entanto, não é o fim do mundo’, disse.

Sobre a ausência de Fred, convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira, assim como Ronaldinho Gaúcho, Welinton minimizou o fato e ressaltou que seu substituto, Rafael Moura, também é perigoso, principalmente nas jogadas aéreas.

‘O Fred é um grande jogador, mas o Rafael Moura também é. Ele é muito bom nas bolas áreas e já jogamos muito contra e sabemos como tentar parar o ataque deles’, declarou.

O zagueiro falou também sobre as últimas atuações, quando ajudou o Flamengo a sair do jejum de vitórias. Welinton afirmou que sempre recebeu apoio de todos e não pensou em deixar o clube.

‘Com muito apoio da família e dos companheiros, pude voltar a jogar bem. A segurança voltou e estou podendo ajudar a equipe. As vitórias estão voltando e espero que possamos fazer uma boa partida contra o Fluminense. Em nenhum momento pensei em sair ou desanimei’, finalizou.