Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zagueiro do Avaí destaca importância de vencer o Corinthians

Acostumado com grandes decisões nos campeonatos que disputou ao longo de sua carreira, o experiente Claudio Caçapa vive uma situação delicada no Avaí. Diferente das grandes finais europeias, o zagueiro agora precisa ajudar a equipe catarinense a não tomar mais gols e conquistar vitórias que tirem o time da zona do rebaixamento.

O primeiro passo a ser dado para evitar a queda para a Série B deverá ser dado neste domingo, quando o Avaí irá enfrentar o Corinthians, no Pacaembu. Diante de uma das equipes favoritas ao título do Brasileiro deste ano, Caçapa apontou o modo como o Leão deverá se portar dentro de campo para sair vitorioso no confronto.

‘Posição tática. Organização. Em nenhum momento ficar desesperado. O Corinthians é uma grande equipe, vão jogar em casa, mas a gente tem que estar bem organizado dentro de campo. Eu tenho certeza que se estivermos bem organizados, a gente consegue trazer de lá um bom resultado’, afirmou o jogador, em entrevista ao site Infoesporte.

O atleta também fez questão de mostrar que toda a responsabilidade pela delicada situação do Avaí no Brasileiro deve ser atribuída aos próprios jogadores do grupo. No entanto, Caçapa afirmou que o time sabe da importância de uma vitória e disse que comemorará um resultado positivo como se fosse uma final de campeonato.

‘Nós é que colocamos o Avaí nessa situação. Cabe a nós tirá-lo. Nós vamos para São Paulo em busca de uma vitória. Para eles, é uma final. Para nós, também. Eles buscam o título e a gente a permanência na Série A. Para nós, uma vitória será um título’, completou o defensor.

Mesmo com a vitória conquistada na última rodada, diante do Botafogo, por 3 a 2, o Avaí permanece na zona de rebaixamento, ocupando a 19colocação, com 29 pontos. O time catarinense está quatro pontos atrás do Atlético-MG, que é a primeira equipe fora da degola, e precisará somar pontos nestes últimos seis jogos para conseguir escapar da queda para a Série B do ano que vem.