Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Willian perde gol incrível, e Tite se diz ‘louco’ com ineficiência

Fez falta o gol incrível perdido pelo corintiano Willian aos 15 minutos do segundo tempo do duelo com o Guarani, no Pacaembu. Naquele momento, o time alvinegro vencia o Guarani pelo placar mínimo e, após o apito final, teve de se contentar com um empate por 1 a 1.

O lance chegou a ser comemorado pela torcida do Corinthians como gol. Na ocasião, o goleiro alviverde Emerson soltou bola defensável dentro da pequena área nos pés de Willian. Com o gol vazio à sua frente, o atacante só precisava empurrar para a rede, mas acabou acertando a trave direita, para desespero da arquibancada e de Tite, na beira do gramado.

‘É um lance de precisão. É como taco de golfe, só dar um tapinha para dentro’, comentou o treinador corintiano, que só sorriu com a comparação do gol perdido pelo flamenguista Deivid recentemente debaixo do travessão, mas voltou a cobrar maior eficiência de seus atacantes.

‘Estou louco para receber uma pergunta que fale que o time criou (oportunidade) e fez o gol. Até agora, tem sido criou, mas não deu. Não é questão de preciosismo, de querer fazer bonito. O termo é eficiência. Estou louco para dizer (que o time foi eficiente)’, avaliou o comandante.

Dos 14 jogos oficiais que disputou nesta temporada, o Corinthians anotou mais de um gol em somente cinco. Na maior parte das vitórias, a diferença no placar tem sido mínima. A prova maior da ineficiência ofensiva é o atacante Liedson. Artilheiro corintiano em 2011, ele não tem nenhum gol no ano. Em contrapartida, a equipe de Tite é uma das menos vazadas: seis tentos sofridos.