Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Willian José supera timidez para extravasar no gol tricolor

Por Da Redação 3 fev 2012, 08h54

A pressão sobre Willian José foi grande nos últimos dias, afinal o jovem enfrentou a responsabilidade de substituir o consagrado Luis Fabiano, um dos ídolos do São Paulo. Por isso, ao marcar o gol diante do Guarani, na noite desta quinta-feira, no estádio do Morumbi, o camisa 19 fez questão de demonstrar uma atitude mais enérgica.

Na comemoração, Willian José quis agradar as arquibancadas: cruzou os punhos – com as mãos fechadas – e fez o sinal característico de uma das torcidas organizadas do São Paulo. Por fim, bateu com a palma da mão direita contra o próprio peito

‘Sou tímido, não gosto de falar muito, mas na hora da alegria tem que extravasar’, justificou.

No lance do gol, a determinação – algo fundamental para um centroavante – foi a principal virtude de Willian José. Após o cruzamento do zagueiro Rhodolfo, o jogador viu a sua cabeçada ser defendida, de forma milagrosa, pelo goleiro Emerson. Mas o são-paulino acreditou no rebote e balançou as redes com um chute de perna esquerda.

‘Eu acho que fui premiado com o trabalho que fiz nos treinos, é um gol muito importante’, exaltou Willian José, conhecido no Tricolor pela dificuldade no contato com a imprensa.

Continua após a publicidade
Publicidade