Clique e assine a partir de 9,90/mês

Wendell Lira se aposenta 6 meses após Puskás – e vira youtuber

Aos 27 anos, autor do gol mais bonito do mundo desistiu dos gramados para virar profissional de futebol no videogame

Por da redação - Atualizado em 28 jul 2016, 15h58 - Publicado em 28 jul 2016, 15h50

Wendell Lira se aposentou dos gramados seis meses depois de se tornar mundialmente conhecido com a conquista do Prêmio Puskás da Fifa, pelo gol mais bonito de 2015. Apesar de desiludido com o esporte, o ex-atacante seguirá jogando futebol – mas só de forma virtual. Nesta quinta-feira, em coletiva no Beira-Rio, em Porto Alegre, Lira anunciou oficialmente sua aposentadoria aos 27 anos e revelou que se dedicará a um canal de vídeos no YouTube em que dará dicas a jogadores de videogame.

Leia também:
Wendell Lira é recebido como herói em Goiânia 

Geninho, o técnico que descobriu Wendell Lira, celebra consagração tardia do atacante
Fama de ‘bichado’ perseguiu Wendell Lira antes do gol mais bonito de 2015

“Meu maior sonho como atleta era o de marcar meu nome na história do futebol e graças a Deus eu consegui. De uns meses para cá, eu não via mais perspectiva de futuro dentro do esporte. Quando recebi a proposta para criar um canal no YouTube, fiquei animado. Seria positivo para mim financeiramente e pessoalmente porque sempre fui apaixonado por vídeo game”, explicou Lira.

Além de lançar o canal de games na internet, Lira conta que pretende se tornar um jogador profissional de videogame. “Farei ‘gameplay’ e entrevistas com jogadores de futebol e de videogame. Também seguirei disputando campeonatos, como a classificatória online para o Mundial do fim do ano.”

O goiano já havia demonstrado sua habilidade no videogame justamente no dia da premiação da Bola de Ouro da Fifa, em Zurique. Na ocasião, antes da cerimônia, Lira desafiou o saudita Abdulaziz Alshehri, o campeão mundial de Fifa, e o surpreendeu com uma vitória por 6 a 1.

Continua após a publicidade

O ex-jogador explicou que a sequência de lesões prejudicou sua carreira e acelerou sua aposentadoria. “Todos os momentos da minha carreira como jogador foram especiais. Até as lesões que tive serviram para eu evoluir como pessoa. Sou o que sou hoje graças ao futebol.” No ano passado, ele venceu o Puskás graças a um gol que marcou pelo Goianésia, no Campeonato Goiano. Em janeiro, ele foi contratado pelo Vila Nova, mas foi dispensado quatro meses depois.

Publicidade