Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vôlei de praia terá duelos entre Brasil e EUA nas semis

Por AE

Xangai – As semifinais da chave masculina do primeiro Grand Slam da temporada 2012 do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, que está sendo realizado na cidade de Xangai, terão duelos entre duplas brasileiras e norte-americanas nas semifinais. Neste sábado, Márcio/Pedro Solberg e Benjamin/Bruno Schmidt avançaram na China e garantiram ao menos a chance de disputar a medalha de bronze.

Na primeira semifinal, Márcio e Pedro Solberg vão duelar com Gibb e Rosenthal. Já Benjamin e Bruno Schmidt vão encarar os campeões olímpicos Rogers e Dalhausser. A final do primeiro Grand Slam do Circuito Mundial de Vôlei será disputada entre os vencedores dos duelos no domingo.

Neste sábado, Márcio e Pedro Solberg venceram os alemães Erdmann e Matysik por 2 sets a 0, com parciais de 21/18 e 21/17. Nas quartas de final, em um duelo brasileiro com os campeões mundiais Alison e Emanuel, eles se deram e melhor e triunfaram novamente por 2 a 0, com parciais de 21/19 e 23/21.

“Foi um jogo duro. É muito complicado, porque precisamos manter a concentração sempre, em cada jogada. Jogamos muito unidos e nos recuperamos juntos dos erros que cometemos. Isso fez a diferença”, analisou Márcio, que provocou a eliminação de Alison e Emanuel, que haviam vencido os alemães Klemperer e Koreng por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/18, nas oitavas de final.

Benjamin e Bruno Schmidt iniciaram a participação no Grand Slam de Xangai no country-cota e conquistaram oito vitórias para garantir presença nas semifinais. Neste sábado, a dupla brasileira superou os chineses Xu e Wu, por 2 sets a 1, com parciais de 22/20, 18/21 e 15/10, nas oitavas de final. Já nas quartas de final, eles venceram os holandeses Boersma e Spijkers por 2 sets a 0, com parciais de 21/10 e 21/15.

Ricardo e Pedro Cunha caíram nas oitavas de final após avançaram ao menos até as semifinais nas etapas anteriores do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Neste sábado, eles perderam para os norte-americanos Gibb e Rosenthal por 2 sets a 0, com parciais de 23/21 e 21/19.