Clique e assine com até 92% de desconto

Vila toma castigo e cede empate ao Goiás no final

Por Da Redação 6 ago 2011, 18h42

Por AE

Goiânia – O Vila Nova vencia o rival Goiás por 1 a 0 até os 41 minutos do segundo tempo, quando levou o gol de empate e o clássicodisputado neste sábado no Serra Dourada, pela 15ª rodada da Série B, terminou igual, por 1 a 1. O volante Jairo abriu o placar para o Vila e Felipe Amorim empatou. O veterano Iarley perdeu um pênalti no primeiro tempo para o Goiás, quando o jogo ainda estava 0 a 0.

O Goiás teve a sequência de quatro triunfos seguidos interrompida e ocupa provisoriamente a sexta colocação, com 22 pontos. Já o Vila Nova desperdiçou a chance de se afastar o rebaixamento e fica na 14.ª colocação, com 19 pontos. O Vila perdeu uma infinidade de gols e foi castigado com o empate, que teve sabor de derrota.

O primeiro tempo foi morno e com poucas chances de gols para ambos os lados. No final da etapa inicial, Marcão foi derrubado por Adílson dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Iarley foi para a cobrança, mas bateu mal e Michel Alves fez a defesa.

O Vila Nova voltou para o segundo tempo mais aceso e abriu o placar aos cinco minutos. Paulo César cobrou escanteio da direita, Jairo subiu mais alto que toda a defesa esmeraldina e cabeceou para o fundo das redes.

Depois de perder várias chances de gol, o Vila Nova levou o castigo aos 41 minutos. Felipe Amorim bateu da entrada da área e acertou o canto direito de Michel Alves, deixando tudo igual.

Goiás e Vila Nova voltam a campo pela Série B já na próxima terça-feira. O time alviverde vai até o ABC paulista enfrentar o São Caetano, às 21 horas, enquanto o Vila recebe o lanterna Duque de Caxias, no mesmo horário, no Estádio Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA:

Continua após a publicidade

Goiás 1 x 1 Vila Nova

Goiás – Harlei; Douglas, Rafael Tolói, Ernando e Marcão; Marcinho Guerreiro, Carlos Alberto, Alan Bahia (Marcelo Costa) e Diniz (Felipe Amorim); Iarley e Guto (Max Pardalzinho). Técnico – Márcio Goiano.

Vila Nova – Michel Alves; Vitor Ferraz (Juninho), Augusto, Éder Lima e Jorge Henrique; Adilson, Jairo, Ricardinho, Paulo Cesar e Luiz Fernando (Wando); Roni (Betinho). Técnico – Hélio dos Anjos.

Gols – Jairo, aos 5, e Felipe Amorim, aos 41 do segundo tempo.

Árbitro – Leandro Pedro Vuaden (RS)

Cartões amarelos – Rafael Tolói, Marcão, Michel Alves, Éder Lima e Max Pardalzinho.

Público – 13.040 pagantes.

Renda – R$ 204.035,00.

Local – Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Continua após a publicidade
Publicidade