Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vettel esquece ano vitorioso e mira melhorar ainda mais para 2012

Por Da Redação 13 dez 2011, 10h09

Dono de um desempenho impressionante nesta temporada 2011 da Fórmula 1, o campeão mundial Sebastian Vettel não parece satisfeito. Nesta terça-feira, o alemão admitiu que o seu momento mais vitorioso ainda esta para chegar.

‘Aos 24 anos, seria triste se eu dissesse: ?É isso. Este foi o ponto alto da minha vida. De agora em diante, só vai piorar’. Isso seria bem triste’, explicou o piloto, em entrevista à Associated Press.

Campeão da F-1 neste ano, Vettel conseguiu incríveis 11 vitórias e 15 poles ao longo do ano. Apesar do rendimento acima do esperado para os padrões atuais da categoria, o jovem piloto reforçou a idéia de seguir evoluindo na sua carreira.

‘Espero que, mesmo se um dia eu me aposentar, eu acorde de manhã e pense: meus melhores dias ainda estão por vir. Caso contrário, será bem triste se não houver nada para lutar na vida profissional, e também na vida pessoal’, continuou.

Na classificação, o alemão somou 392 pontos para sagra-se campeão, logo à frente do rival Jenson Button, da McLaren, dono de 270. Apesar da diferença na tabela, Vettel acredita que o campeonato tenha sido muito mais disputado.

‘Foi mais apertado que talvez o placar tenha indicado. Se você perceber a diferença entre cada um após a classificação ou a corrida no Japão, tivemos os quatro primeiros carros (Vettel, Button, Hamilton e Massa) com diferenças de cinco segundos. Há dez anos, existia provavelmente uma diferença de 40 segundos entre o primeiro e o segundo colocados’, disse o piloto.

Para 2012, Vettel destacou a necessidade de se empenhar, pois os demais pilotos também seguem em processo de evolução. ‘Precisamos trabalhar duro, não podemos nos acomodar e acho que temos uma boa base para o próximo ano. Meus rivais estão tentando algo novo para encontrar seus caminhos. Com a velocidade do desenvolvimento hoje na F-1, você rapidamente pode começar a andar atrás’, encerrou o atual campeão.

Continua após a publicidade
Publicidade