Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vettel corre com foco de Senna para vencer no fim da temporada

Admirador confesso do brasileiro Ayrton Senna por seu desempenho em treinos classificatórios da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel quer utilizar no Grande Prêmio do Brasil, neste domingo, o foco que seu ídolo apresentava em momentos decisivos. Segundo o piloto da Red Bull, a habilidade do brasileiro em ignorar distrações explica seu grande número de poles positions e vitórias na categoria.

‘Pequenas coisas como essa fazem a diferença. Sei que é impossível copiar uma pessoa como ele, mas tem alguns elementos aqui e ali que você consegue pegar, como o foco que ele tinha no qualifying, em momentos decisivos. O tanto de poles e corridas que ele venceu é bem especial’, disse o alemão em Interlagos nesta quinta-feira.Nesta temporada, Vettel largou da primeira colocação 14 vezes em 18 provas e igualou uma das marcas mais expressivas de Senna. Agora os dois são os únicos pilotos na história da F-1 a conquistar dez ou mais poles em duas temporadas da categoria. Se conseguir em São Paulo o primeiro lugar do grid pela 15vez no ano, supera o britânico Nigel Mansell, e se torna o piloto com mais poles em um Mundial.

‘Infelizmente não conheci Senna, então tudo o que sei sobre ele é o que outras pessoas me contaram e por coisas que vi na TV, mas ele é um piloto especial, um dos melhores que a Fórmula 1 já teve, uma personalidade muito inspiradora’, disse o bicampeão da categoria.

Em Interlagos, Vettel coloca fim a uma temporada praticamente perfeita, em que garantiu com tranquila antecipação o bicampeonato do Mundial de Pilotos. Foram 11 vitórias do alemão, rendimento que o permitiu dirigir com mais tranquilidade nas últimas provas e prestar atenção em itens que passavam despercebidos.

‘Foi especial. Quando você está no grid em algumas provas, como no GP da Índia e olha para o lado, vê muitas pessoas torcendo, felizes de poderem ver a F-1 pela primeira vez. Aí você percebe como é um homem sortudo. São coisas que no calor do momento não são tão importantes, mas não que você se esqueça’, afirmou.