Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco só empata com Atlético-GO, mas retoma a liderança

Time volta a liderar campeonato, mas perde de oportunidade de abrir vantagem

A torcida vascaína lotou São Januário na esperança de ver seu time repetir a grande atuação da partida diante do Grêmio, mas saiu decepcionada. O Vasco não fez uma boa partida e apenas empatou com o Atlético-GO por 1 a 1, na noite desta quarta-feira. Mesmo assim, a equipe Cruz-maltina termina a 25rodada na liderança isolada do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos ganhos. O Atléticoestá na 11colocação, com 34 pontos ganhos.

O resultado fez justiça ao bom desempenho do Atlético, que não deu espaços ao Vasco durante os 90 minutos. O time carioca não mostrou qualquer inspiração com seus principais jogadores, como Diego Souza e Juninho Pernambucano, numa noite de pouco brilho.

Na próxima rodada o Vasco vai encarar o Cruzeiro na Arena do Jacaré. O Atlético Goianiense receberá o Palmeiras no Serra Dourada.

O jogo – Diante de um estádio lotado, o Vasco começou a partida no ataque e logo aos dois minutos, Elton invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora, fazendo parte da torcida comemorar o gol que não aconteceu. Depois desse lance, o time carioca não mais conseguiu ultrapassar a rígida marcação exercida pela equipe goiana que pouco se arriscava no ataque.

Na primeira vez que chegou na área do Vasco, aos 22 minutos, o Atlético marcou o primeiro gol.Rafael Cruz cruzou da direita e Anselmo, de cabeça, colocou nas redes de Fernando Prass.

O lance animou a equipe dirigida por Hélio dos Anjos que quase ampliou aos 28 em chute forte de Juninho que obrigou Fernando Prass a fazer grande defesa.

O Vasco não conseguia desenvolver seu jogo e já recebia vaias da torcida quando chegou ao gol do empate aos 32 minutos.Fágner recebeu pela direita e cruzou na segunda trave. Diego Souza, sem marcação, cabeceou forte, sem chances para o goleiro Márcio.

Depois do gol de empate, o time cruzmaltino subiu de produção e poderia ter desempatado aos 36 minutos em cobrança de falta de Juninho Pernambucano. Logo depois, Diego Souza subiu mais do que a zaga e cabeceou na trave defendida por Márcio.

No último lance do primeiro tempo, Thiago Feltri bateu de longe e obrigou Fernando Prass a uma defesa complicada.

Logo aos três minutos, o atacante Eder Luís sentiu um problema muscular e pediu substituição. Bernardo entrou em seu lugar para atuar no meio-campo enquanto Diego Souza se adiantava para fazer dupla com Elton no ataque.

Aos oito minutos a equipe visitante quase marca o segundo gol. Depois de jogada confusa na entrada da área da equipe carioca, Anselmo pegou a sobra na grande área e tocou na saída de Fernando Prass, que fez outra grande defesa.

O Vasco continuava atuando sem inspiração, errando muitos passes e irritando sua torcida. O técnico interino Cristovão foi obrigado a queimar outra substituição porque Fagner sentiu um problema e precisou ser substituído, entrando Allan na lateral.

Só aos 21 minutos, o Vasco chegou com perigo à área atleticana. Diego Souza chutou cruzado, Elton apanhou o rebote e, de meia bicicleta, mandou por cima do travessão.

O Atlético continuava exercendo uma marcacão cerrada, não dando liberdade aos principais jogadores da equipe adversária, embora não mostrasse qualquer ambição ofensiva.

Aos 36 minutos, o time goiano foi ao ataque e Juninho foi derrubado na entrada da área. Bida bateu a falta com violência e Fernando Prass fez ótima defesa.

No último lance da partida, Diego Souza chegou a driblar o goleiro goiano mas não conseguiu mandar a bola para as redes.

(com Agência Gazeta Press)