Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco garante foco na decisão do Carioca e não pensa em Libertadores

O Vasco terá uma sequência de partidas decisivas pela frente. A maratona começou no domingo passado, quando o time derrotou o Flamengo por 3 a 2, de virada, e se classificou para a decisão da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. No próximo domingo acontece a finalíssima contra o Botafogo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro.

Depois disso, tem confronto com o Lanús, da Argentina, pela Copa Libertadores, considerada a prioridade em São Januário. Mesmo com o torneio continental sendo a ‘menina dos olhos’ da diretoria e dos torcedores, os jogadores vascaínos garantem que o foco neste momento está todo na decisão diante dos botafoguenses.

‘Nós estamos com o pensamento focado apenas no Botafogo, pois ele já é motivo para grande preocupação pelo fato de ainda estar invicto no ano e ter jogadores de muita qualidade. Precisamos estar atentos ao que nosso adversário tem de melhor e por isso não podemos nos preocupar com a Copa Libertadores neste momento’, disse o meia Diego Souza.

O lateral direito Fagner faz coro ao companheiro. ‘Nós temos condições de brigar em duas frentes, pois o elenco está fortalecido, temos peças de reposição. Hoje todos estão comprometidos em ajudar o Vasco a conquistar os dois títulos e por isso estamos pensando apenas no Botafogo. O Lanús também será muito complicado, mas isso é assunto apenas para a próxima semana’, afirmou Fagner.

Na visão do goleiro Fernando Prass o Vasco está repetindo o que fez na temporada passada, quando, mesmo estando na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, conseguiu chegar às semifinais da Copa Sul-Americana.

‘Assim como no ano passado o Vasco não tem priorizado nenhuma das duas competições. Por isso que avançamos na Copa Libertadores, decidimos a Taça Guanabara e agora estamos na final da Taça Rio. Logicamente que a Libertadores é considerada a prioridade por tudo o que representa. Mas estamos brigando em duas frentes importantes e prova disso é que a comissão técnica escala sempre o que tem de melhor, levando em conta apenas o desgaste do grupo. Só vamos pensar no Lanús após a partida contra o Botafogo’, disse Fernando Prass.

Uma prova de que o foco é mesmo o time do Botafogo foi o treino realizado pelos jogadores na manhã desta quarta-feira em São Januário. Sob o comando do auxiliar Jorge Luiz, que foi zagueiro, os defensores vascaínos trabalharam jogadas aéreas e de bola parada. Tudo para bloquear um dos maiores perigos do Glorioso, as cabeçadas do atacante uruguaio Loco Abreu. Titulares do setor por conta da lesão de Dedé, Renato Silva e Rodolfo foram os mais exigidos. Mas os reservas do setor – Fabrício, Douglas e Jomar – também foram cobrados. O volante Nilton é outro que trabalhou nesta linha.

Uma novidade no treino desta quarta-feira foi a presença do volante Renato Augusto. O jogador, de 21 anos, vinha treinando separadamente do elenco e acabou sendo reintegrado. Ele estava emprestado ao Atlético-GO, de onde retornou em janeiro. Desde então não vinha tendo a oportunidade de treinar com os demais companheiros. Porém, a pedido de Cristóvão, o volante retornou ao convívio do plantel.

Poucos minutos depois da atividade o volante postou na rede social twitter o agradecimento pela decisão da comissão técnica de reintegrá-lo ao elenco. Porém, a tendência é que ele seja relacionado para jogos somente a partir do Campeonato Brasileiro. O Vasco conta com boas opções para o setor, como Rômulo, Eduarco Costa, Fellipe Bastos e Nilton.

Nesta quinta-feira o técnico Cristóvão Borges vai comandar uma atividade tática e deverá definir a equipe que vai enfrentar o Botafogo. A tendência é manter a base que superou o Flamengo nas semifinais.