Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Vasco derrota Libertad e sai do sufoco na Libertadores

Vitória dá tranquilidade para a equipe buscar a classificação fora de casa

Por Da Redação 22 mar 2012, 00h19

Depois dos acontecimentos de uma semana atrás, em Assunção, quando o Vasco se sentiu vítima de violência não coibida do Libertad e com Dedé e Renato Silva sendo alvos de insultos racistas, havia o temor de que os vascaínos entrassem em campo, nesta quarta-feira, nervosos em busca de retaliação. Mas foi na bola, com tranquilidade e categoria, que o time brasileiro deu a resposta sobre o rival: vitória por 2 a 0, em São Januário.

O resultado foi muito importante para o Vasco, que fez seu último jogo em casa na fase de grupos e agora viaja para enfrentar o Alianza Lima (Peru) e o Nacional (Uruguai). A equipe carioca ocupa o segundo lugar no Grupo 5, com sete pontos, atrás do Libertad nos critérios de desempate. Nacional (Uruguai) e Alianza Lima (Peru) jogam no dia 27 de março para fechar a quarta rodada, mas ambos têm três pontos. Em um cenário ideal, a torcida vascaína é por um empate, que dê ao time carioca a paz para buscar a classificação nos dois jogos fora do país.

O jogo – No início o jogo, o clima de tensão era grande, como esperado. O ônibus do Libertad foi atingido por pedras, latas e garrafas na chegada a São Januário. A polícia teve que intervir com gás de pimenta. Mas os visitantes não demonstraram abalo e jogaram bem no primeiro tempo. O bom posicionamento defensivo do Libertad limitou o Vasco a apenas três finalizações na primeira etapa.

O técnico Cristóvão Borges voltou para o segundo tempo com o meia Juninho Pernambucano no lugar do atacante Eder Luís, além de colocar o mais ofensivo volante Allan na vaga do marcador Eduardo Costa. A alteração funcionou e aos 8 minutos, Juninho Pernambucano chutou com veneno, quando todos esperavam o cruzamento, e marcou, com colaboração do goleiro Muñoz.

Melhor em campo, o Vasco não demorou para fazer o segundo gol. Allan fez boa jogada e cruzou para Alecsandro tocar para o gol vazio aos 17 minutos. Vitória que dá ao time carioca confiança para buscar a classificação fora de casa.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade