Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vaga na final deixa Heynckes extasiado: Foi uma noite mágica’

A vitória nas penalidades máximas sobre o Real Madrid e a ida do Bayern de Munique à final da Liga dos Campeões deixou o técnico Jupp Heynckes completamente extasiado. Ao término da partida, o treinador não escondeu a alegria de ter levado o time bávaro para a grande decisão do torneio mais importante do continente europeu e classificou a atuação de seus comandados como algo mágico.

‘Essa foi uma noite mágica. Nós estávamos enfrentando grandes problemas nos primeiros 15 minutos, mas depois disso jogamos um futebol indescritível por longos períodos. Eu estou extremamente contente pelos meus jogadores e pela diretoria do clube. Jogar o que jogamos aqui é algo grandioso’, declarou o treinador alemão.

A preocupação de Heynckes com a atuação de sua equipe nos primeiros minutos da partida foi justificada pelos deslizes na marcação do ataque espanhol. O Real Madrid conseguiu abrir dois gols de vantagem no início do confronto e colocou o Bayern de Munique em uma situação difícil. No entanto, uma penalidade convertida por Robben decretou o triunfo merengue por 2 a 1 e o prolongamento do jogo para a prorrogação e, posteriormente, para a decisão por pênaltis.

Mesmo com o fracasso dentro de casa e as especulações sobre uma possível saída de José Mourinho da equipe de Madri, o técnico alemão aproveitou a oportunidade para defender o português de qualquer crítica ao seu rendimento. Querido pelo torcedor espanhol, Heynckes possui propriedade para falar sobre os assuntos internos do clube espanhol, já que foi o responsável por tirar o time de um longo jejum na ‘Champions ‘ao conquistar o título da edição 1997/1998 do torneio.

‘Não compartilho da mesma opinião que muitos têm sobre o José Mourinho. Posso garantir a todos que sempre ouvi coisas muito boas a respeito dele, e de pessoas que eu posso confiar. Sua ida para o vestiário de cabeça baixa também é algo normal, pois teve a má sorte de ser eliminado nos pênaltis’, completou o treinador do Bayern.

Deixando seu ex-clube de lado, Jupp Heynckes poderá entrar de vez para a história do Bayern de Munique no dia 19 de maio. A final diante do Chelsea será realizada na cidade sede da equipe bávara, diante dos próprios torcedores alemães. Enquanto a equipe possui a chance de conquistar o seu quinto título da competição, os ‘Blues’ passarão por uma situação inédita e buscarão o primeiro troféu do campeonato no território adversário.