Clique e assine a partir de 9,90/mês

Usain Bolt voltará a atuar em alto nível em Londres, diz treinador

Por Da Redação - 10 jul 2012, 11h38

As derrotas para o compatriota Yohan Blake nos 100m e 200m, provas onde sagrou-se campeão olímpico e é o atual recordista mundial, na seletiva jamaicana para os Jogos Olímpicos de Londres-2012 fizeram o futuro desempenho olímpico de Usain Bolt passar a ser questionado. Ricky Simms, agente do corredor, garante que Bolt estará em plena forma nos Jogos.

Segundo Simms, Bolt sentia dores no músculo posterior da coxa quando competiu na seletiva jamaicana, em Kingston, fato que impediu o campeão olímpico desse o seu máximo na competição.

‘Ele estava apenas se preservando. O mais importante na seletiva era estar avançar e garantir vaga na equipe que vai aos Jogos Olímpicos’, diz ao jornal inglês The Guardian. ‘Ele teve um pequeno desconforto durante a competição, o que possivelmente o impediu de correr tão rápido quanto ele desejava’, completa.

O agente, porém, garante que Bolt, de 25 anos, já está curado do desconforto que o incomodou o jamaicano em sua última competição oficial. ‘Seu técnico decidiu que ele precisava de algumas sessões de massagem, tratamento e descanso, antes de voltar a treinar forte para estar pronto para a disputa dos Jogos Olímpicos’, afirma, tratando de tranquilizar os fãs do velocista.

Continua após a publicidade

‘Ele está de volta ao normal, voltou a treinar e está bom para competir. Seu corpo está em condições normais e a dor no músculo se foi’, finaliza.

Publicidade