Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Um ídolo’, diz filho sobre Caio Júnior, técnico da Chapecoense

Matheus Saroli deveria ter ido viajar com o pai, Caio Júnior, rumo à Colômbia, mas não embarcou porque havia esquecido o passaporte

Bastante emocionado, Matheus Saroli, filho do técnico da Chapecoense, Caio Júnior, deu uma entrevista ao Jornal Nacional nesta terça-feira. “Um ídolo, sempre fez o melhor para todos nós, para mim, para meu irmão, para a minha mãe”, disse. Caio Júnior é uma das 71 vítimas do acidente de avião que levava o time para a Colômbia, durante a madrugada.

Matheus deveria ter ido viajar com o pai para a Colômbia, mas não embarcou porque havia esquecido o passaporte e a carteira de identidade. “Fiquei enchendo o saco dele a semana toda e ele falava: ‘Não, não, não’. Até que, de manhã, ele falou: ‘Então vamos’. A gente começou a ver passagem e foi aí que eu percebi que eu não tinha levado o passaporte.”

Matheus lembrou os últimos momentos com o pai. “Me deu um abraço, falou que amava a mim e ao meu irmão e a gente se deu tchau na saída do hotel lá em São Paulo”, disse. “Vou tentar dar o meu máximo em tudo o que for feito para honrar o nome dele, que vai ser sempre lembrado, se Deus quiser.”