Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ucraniano orienta brasileiros com ordens em quatro idiomas

Por Da Redação - 10 mar 2012, 09h00

O ucraniano Vitaly Petrov é um dos técnicos mais reconhecidos no salto com vara e conta em seu currículo com trabalhos em seu país natal, na Itália e na Austrália, entre outros. Nos últimos anos, auxilia os principais atletas brasileiros da modalidade e para dar as ordens a Fabiana Murer, Fábio Gomes da Silva e o restante dos competidores, ele mistura até quatro idiomas na mesma frase.

Não é difícil flagrar Petrov utilizando mais de um idioma em uma só sentença. Com os brasileiros, ele costuma conversar em uma mistura de inglês e italiano, com algumas palavras em português e até em russo, o que a campeã mundial Fabiana Murer batizou de ‘vitalynês’.

‘É a minha língua, todas as pessoas envolvidas já entendem’, afirmou em meio a risos o ucraniano, ex-técnico de Sergey Bubka, recordista mundial indoor e outdoor, e da russa Yelena Isinbayeva, também detentora das melhores marcas do mundo entre as mulheres.Apesar da mistura inusitada entre os idiomas, a comunicação com os atletas brasileiros ocorre sem maiores problemas. Murer, Fábio Gomes, a campeã brasileira Karla Rosa e a promessa Thiago Braz já estão acostumados a treinar sob ordens do ucraniano, tanto no Brasil, quanto em Fórmia, na Itália, onde Petrov reside.

‘A gente já acostumou, já conhece e entende quando ele fala. Só complica quando ele começa a falar em russo, mesmo. Ele vai passando de uma língua para outra, acho que o HD dele já está pifando’, brincou Fábio Gomes, recordista sul-americano do salto com vara, com a marca de 4,80m.

Publicidade