Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tricolor recebe boas notícias e espera mais uma após teste de Luis Fabiano

O volante Denilson teve sua pena reduzida pelo STJD e está livre para jogar. Além disso, os quatro titulares do São Paulo que foram à Argentina com a Seleção Brasileira se reapresentam nesta sexta-feira sem nenhum problema físico e prontos para o duelo de sábado, contra o Ceará. Para completar a série de boas notícias, resta apenas a liberação de Luis Fabiano para os trabalhos físicos.

O camisa 9 tem tudo para dar mais um passo rumo ao retorno nesta sexta, quando será submetido a um teste isocinético que avaliará o equilíbrio de força entre suas duas pernas. Se a direita, que passou por duas operações, estiver tão potente quanto a esquerda, ele será liberado pelo departamento médico para aprimorar a forma com os preparadores físicos Zé Mário e Sérgio Rocha.

A partir daí, de acordo com o médico José Sanchez, serão necessários menos de 15 dias para que o centroavante esteja à disposição da comissão técnica. Apesar de estar afastado dos gramados desde 6 de março, quando se lesionou atuando pelo Sevilla, Luis Fabiano está bem fisicamente. Sanchez diz até que às vezes precisa pedir que ele diminua o ritmo nos exercícios, tamanha a disposição.

Para solucionar o desequilíbrio muscular, problema considerado normal após cirurgias, o Fabuloso vem fazendo fortalecimento diariamente no Reffis. Desde sexta-feira passada, ele realiza também o chamado trabalho proprioceptivo, que consiste em efetuar movimentos típicos de jogo em campo, sempre sob supervisão do fisioterapeuta Betinho.

Sem dores, o jogador cogitava até estrear já no duelo contra o Ceará, o que não foi possível. Caso as previsões se confirmem e ele seja liberado após o teste isocinético, a expectativa vai aumentar gradativamente nas próximas três rodadas do Brasileirão. As chances de estrear contra o Corinthians, dia 21, são pequenas. Para o dia 25, contra o Botafogo, as possibilidades aumentam. O jogo que gera maior empolgação, porém, será em 2 de outubro, contra o Flamengo.

A ansiedade por informações positivas depois da avaliação não é apenas de Luis Fabiano e de Adilson Batista. Todos os jogadores do Tricolor que falam sobre o assunto admitem que não veem a hora de ter o ídolo no time. ‘Também estamos ansiosos. Ele quer voltar e nós também estamos querendo. Precisamos dele, é um grande jogador, e acho que daqui a pouquinho tempo estará com a gente’, comentou o lateral direito Iván Piris.