Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Torcida do Palmeiras fará protesto na reapresentação do grupo

Por Da Redação - 3 jan 2012, 14h36

A Mancha Alviverde, maior torcida organizada do Palmeiras, promete fazer um protesto na reapresentação do elenco para a temporada 2012, nesta quarta-feira. Os fanáticos vão se reunir às 14 horas em frente ao Estádio Palestra Itália e de lá seguirão para a Academia de Futebol, onde o grupo estará treinando a partir das 16 horas.

Os uniformizados estão insatisfeitos com a demora da diretoria em anunciar reforços. Por enquanto, o único atleta anunciado foi o lateral esquerdo Juninho, que vem do Figueirense. O Verdão chegou a cogitar nomes como Diego Tardelli e Douglas, mas o presidente Arnaldo Tirone vem repetindo insistentemente que não quer fazer ‘loucuras’ para contratar jogadores.

‘Nossa incompetente diretoria não contratou, não reforçou o elenco e deu provas de sua incapacidade ao manter o mesmo plantel que nos envergonhou nos últimos dois anos’, diz um comunicado publicado no site da Mancha. ‘Protestaremos contra a eterna briga de egos e vaidade que assola nossos dirigentes, essa vergonha de oposição-situação, que a cada gestão só piora a situação do nosso Palestra e humilha nossa torcida’.

Na semana passada, em um jantar com conselheiros e membros da diretoria, Tirone foi cobrado por sócios ligados à torcida organizada. Na ocasião, a bronca era a mesma: a falta de agilidade para reformular o grupo de atletas. Além disso, o suposto interesse no volante Richarlyson, do Atlético-MG, revoltou os torcedores.

Publicidade