Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcedor do Guarani espancado na quinta-feira tem morte cerebral

Vítima de briga entre torcedores do Guarani e da Ponte Preta na quinta-feira, em Campinas, o bugrino Anderson Ferreira, de 28 anos, teve morte cerebral diagnosticada por volta da meia-noite deste domingo.

No dia da agressão, Ferreira foi encaminhado ao hospital municipal Dr. Mário Gatti com traumatismo craniano e torácico. Os médicos sempre avisaram que o estado do torcedor era grave.

A família ainda não autorizou o desligamento dos aparelhos que ajudam o coração a continuar funcionando. Ferreira não é doador de órgãos.

Por conta da briga, haverá uma reunião nesta semana entre os clubes, a Polícia Militar e a Federação Paulista de Futebol para se discutir o que fazer em relação ao clássico inicialmente marcado para este sábado, no Moisés Lucarelli, pelo Campeonato Paulista. É possível que a Macaca e o Bugre se enfrentam em outra cidade.