Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Timão lamenta chutes errados, mas Alex cobra melhores chances

Por Da Redação 20 ago 2011, 21h03

Os jogadores do Corinthians deixaram o campo após a derrota por 2 a 0 para o Figueirense culpando seus próprios pés. O time criou muitas oportunidades para balançar as redes no Pacaembu, mas falhou. Alex, contudo, acredita que o erro ocorreu mais por uma persistência menos qualificada do que deveria.

‘Erramos no último passe, no penúltimo… Não criamos chances muito claras. Eles jogaram com o centro muito bem fechado, os nossos chutes à longa distância não foram ao gol e escolhemos errado em lances em que a bola poderia vir no chão. Pecamos’, lamentou o meia.

O armador foi um dos que teve chances de superar o goleiro Wilson e não conseguiu. ‘Bati uma falta na trave, em outra o goleiro pegou, o Willian também acertou a trave. Tivemos oportunidades com o Emerson, o Alex… É difícil. Tentamos, mas infelizmente a bola não quis entrar’, analisou Chicão.

A frustração no elenco é justificada pelo desempenho no segundo tempo, quando os catarinenses pouco foram ao ataque – mas, em uma rara aparição, definiram o placar aos 47 minutos, com Pittoni. ‘Tivemos muito mais posse de bola e equilíbrio, principalmente no segundo tempo. Eles tiveram duas, três chances e fizeram os gols’, apontou Alessandro.

A carência mais lamentada é de eficiência no momento de colocar a bola dentro da meta adversária. ‘Mesmo com volume e pressão, não conseguimos fazer o gol e demos oportunidades’, completou Alex.

‘Mas temos que levantar a cabeça, porque agora a responsabilidade no clássico aumenta’, disse Chicão, já de olho no confronto do próximo dia 28, contra o Palmeiras, em Presidente Prudente, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade