Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Timão atinge meta contra o Cruz Azul, mas ainda lamenta empate fora

Por Da Redação 22 mar 2012, 09h01

O Corinthians nunca escondeu a intenção de somar quatro pontos nos jogos contra o Cruz Azul, considerado o principal concorrente pela liderança do Grupo 6 da Libertadores. Com um empate sem gols no México e um triunfo por 1 a 0 em São Paulo, a meta foi cumprida. Mesmo assim, Tite não está plenamente satisfeito.

‘Era ganhar em casa e empatar fora. Conseguiu. Por desempenho, poderia estar com dez pontos, era para ter ganhado lá’, analisou o comandante, ainda lamentando que chances perdidas tenham impedido a vitória fora.

‘Foram dois grandes jogos. O Cruz Azul é forte, time para chegar às quartas de final pela qualidade técnica que tem. A bola não queima no pé, eles têm maturidade. (A torcida) pode gritar lá fora o quanto quiser, eles podem errar uma bola ou outra, mas não queima’, acrescentou.O Timão assumiu a liderança da chave nessa quarta, com oito pontos contra sete do Cruz Azul. O paraguaio Nacional, que está em terceiro lugar, com três, ainda joga pela quarta rodada, semana que vem, como visitante contra o lanterna Deportivo Táchira, que soma apenas um ponto.

O atacante Emerson prefere valorizar o objetivo alcançado. ‘Está dentro daquilo que planejamos, que era conseguir quatro pontos contra eles. Independentemente de onde seria a vitória, aqui ou lá, a ideia era fazer quatro pontos. Então está todo mundo de parabéns: diretoria, comissão técnica e jogadores’.

O Alvinegro fará mais dois jogos pela fase de grupos do torneio continental: diante do Nacional, dia 11 de abril, no Paraguai, e contra o Deportivo Táchira, sete dias depois, em casa. O foco agora volta a ser o Campeonato Paulista, posto que o adversário de domingo, novamente no Pacaembu, é o rival Palmeiras.

Continua após a publicidade

Publicidade