Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Tentativa de suicídio do árbitro adia partida da Bundesliga

Por null 19 nov 2011, 15h56

A partida entre Colônia e Mainz, prevista para este sábado pela 13ª rodada do Campeonato Alemão, foi adiada após a tentativa de suicídio do árbitro Babak Rafati.

“O árbitro ficou sem condições de atuar na partida”, afirmou o Colônia em um comunicado.

A polícia de Hanover informou que Rafati, de 41 anos, tentou cometer suicídio.

Segundo a imprensa alemã, Rafati foi encontrado em um quarto de hotel de Colônia pouco depois de ter tentado cortar o pulso.

De acordo com informações da agência de notícias alemã SID, filial da AFP, o árbitro está em estado crítico.

O presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Theo Zwanziger, deu alguns detalhes sobre o incidente.

“Como Babak não se apresentou no café da manhã e não compareceu à reunião que costuma ter com os assistentes antes da partida, mandaram abrir a porta do seu quarto. Ele foi encontrado no banheiro, havia muito sangue”, explicou o dirigente, que cancelou uma viagem para Wiesbaden, onde deveria assistir a uma partida de futebol feminino, para ir a Colônia.

Continua após a publicidade

Os motivos da tentativa de suicídio ainda não são conhecidos. A notícia teve um grande impacto na Alemanha, onde o goleiro Robert Enke, que sofria de depressão, se matou em 2009 ao se jogar embaixo de um trem.

O anúncio do adiamento da partida entre o Colônia e o Mainz foi feito 40 minutos antes do horário previsto para o pontapé inicial.

Rafati, de origem iraniana, que também trabalha num banco em Hannover, estreou como árbitro da Bundesliga há seis anos, também em uma partida entre Colônia e Mainz, em 2008.

Ele já apitou em 84 jogos do Campeonato Alemão e pertence ao quadro de árbitros da Fifa. Porém, no último mês de setembro, a DFB resolveu parar de selecioná-lo para atuar em partidos entre seleções.

Rafati recebeu recentemente críticas pelas suas atuações da parte de alguns jogadores e foi apontado como pior árbitro da Bundesliga pela revista especializada em futebol Kicker.

“A pressão é incrivelmente forte e não estamos conseguindo lidar com este problema”, comentou Zwanziger.

“Esta notícia me afeta muito”, declarou o técnico do Hannover Mirko Slomka, que explicou que conhece “muito bem” este árbitro.

O treinador do Schalke 04, Huub Stevens, também se mostrou chocado: “Mal consigo acreditar que algo parecido possa acontecer. Estou sem palavras”, lamentou.

Continua após a publicidade

Publicidade